* Enquanto em regime de internamento hospitalar o paciente tem acesso imediato à todos os serviços e recursos que podem ser prescrito...

Desvantagens do Home Care para o paciente


http://www.blogcdn.com/jobs.aol.com/articles/media/2009/03/home-health-aide-300a020508.jpg

* Enquanto em regime de internamento hospitalar o paciente tem acesso imediato à todos os serviços e recursos que podem ser prescritos pelo seu médico responsável, em regime de home care, todos os recursos que forem necessários e que não tiverem sido autorizados previamente pelo plano de saúde, não serão liberados de imediato, necessitando assim de um processo burocrático que pode ou não culminar com a liberação do recurso.

* O tratamento de home care, embora previsto no rol de procedimentos obrigatórios pelos planos de saúde, a resolução 211 da ANS tem linguagem dúbia, e deixa muita brecha para que a fonte pagadora não autorize os mesmos recursos que teria que autorizar em regime de internamento hospitalar.

* Não há regulamentação específica que obrigue o plano de saúde a prover cobertura aos serviços de home care, assim, fica a encargo dos auditores médicos e enfermeiros dos planos de saúde, autorizar ou não os serviços.

* Para a fonte pagadora, a decisão de autorizar ou não é, muitas vezes, uma decisão financeira, onde somente a vantagem baseada no menor custo é considerada.

* Muitos planos de saúde utilizam as empresas de home care como um degrau para a deshospitalização e alta do paciente. Pois, em regime de internamento domiciliar à saúde, por não existir regulamentação específica, o “desmame” do paciente é bem mais fácil.

* Em regime de home care, o paciente pode não ter direito à muitos dos recursos que teria se estivesse em regime de internamento hospitalar.

* Enquanto no hospital, o paciente conta com um a equipe multidisciplinar sempre presente, em home care, se houver a necessidade de um profissional de saúde que não faça parte de sua equipe permanente, o paciente terá que esperar até que este profissional se desloque até ele.

* O auxiliar de enfermagem encarregado do paciente não tem como ausentar-se do paciente, portanto, este não desfruta de um período para almoçar ou períodos de descanso durante seu turno, isso faz com que, na maioria dos casos, o profissional se torne dependente da família para sua alimentação. Na maioria dos casos, o auxiliar almoça na resid6encia do paciente para manter vigilância do paciente, esta alimentação aumenta a despesa mensal do paciente.

* Os equipamentos médicos elétricos e eletrônicos consumem eletricidade adicional, aumentando as despesas relacionadas com a eletricidade.

* A equipe de cuidadores formais ( auxiliares de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas) utilizam-se da água e do esgoto e outros suprimentos, aumentando as despesas relacionadas com estes recursos.
Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Indicação de Cursos de FISIOTERAPIA para mudar sua carreira:

Poste um Comentário