A fisioterapia preventiva tem como objetivo criar um programa de “prevenção às quedas”, melhorando a força muscular, equilíbrio, proprioc...

Fisioterapia preventiva em idoso em domicilio




A fisioterapia preventiva tem como objetivo criar um programa de “prevenção às quedas”, melhorando a força muscular, equilíbrio, propriocepção, coordenação motora e deve estar aliada com orientações aos pacientes (principalmente àqueles que apresentam comorbidades e que faz uso polifarmacoterápicos) e familiares, sobre fixação de tapetes, instalação de faixas antiderrapantes no piso e barras de suporte no banheiro e em corredores.

Os atendimentos são em sua maioria de pacientes com problemas osteoarticulares, com dor crônica. Também, são atendidos casos neurológicos como seqüelas de AVC, Parkinson, Alzheimer, além de fraturas, pós-operatórios , distúrbios vasculares, entre outros.

Atua na prevenção e reabilitação do idoso com o objetivo de melhorar sua qualidade de vida. Proporciona melhora da força muscular, melhora do equilíbrio, melhora da capacidade respiratória, melhora da incontinência urinária, da flexibilidade, da dor, da postura, da coordenação e não menos importante, melhora da marcha. Desse modo, as alterações do envelhecimento são minimizadas.

Fisioterapia prolonga a independência de idosos com Alzheimer e retarda a progressão da doença.